11/07/18 - 16:52

Anatel dá início a bloqueio de aparelhos móveis irregulares em dezembro

Objetivo é diminuir a comercialização de aparelhos roubados, adulterados, clonados, não certificados ou com certificação não reconhecida no Brasil

Celulares comprados fora do país não sofrerão com a medida. Foto: Reprodução

A implantação do sistema de bloqueio de celulares irregulares para o Estado do Rio de Janeiro foi antecipado pelo Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A ação passará a ser instaurada a partir do dia 8 de dezembro. O alvo são os aparelhos “piratas”, muitas vezes encontrado em comércio popular.

De acordo com a Anatel, o objetivo é impossibilitar que aparelhos irregulares sejam usados nas redes das operadoras. Além disso, também diminuir a comercialização de aparelhos roubados, adulterados, clonados, não certificados ou com certificação não reconhecida no Brasil. O órgão diz que quer garantir “maior qualidade do serviço”, com uso de celulares fabricados com materiais que não prejudiquem a saúde e nem degradem o meio ambiente.

Os usuários serão avisados por mensagens sobre os bloqueios dos celulares. Após a implementação da medida o aparelho não consegue mais se conectar às redes móvel das operadoras de telefonia. Funções como aplicativos e wi-fi, continuam funcionando normalmente. O chip não será inutilizado, porém deve ser colocado em outro aparelho para ter acesso a rede da operadora. Aparelhos comprados fora do Brasil não serão afetados.

Como verificar se o seu aparelho pode ser bloqueado

O site da Anatel oferece uma pesquisa por IMEI para que o usuário se certifique de que não há problemas com o seu aparelho. Você pode achar o IMEI do celular na caixa do aparelho, em adesivo na parte de trás da bateria ou digitando *#06# e na sequência pressionar a tecla pra ligar.

0 comentários