19/03/19 - 17:29

Rio de Janeiro

Atleta é dispensado de período de testes e acusa preconceito de monitor

Vasco emite nota oficial e afirma que dispensa foi por motivos disciplinares e técnicos

Por Thiago Veras

O atacante Hendrick, do Mantiqueira, um dos destaques da última edição da Copa São Paulo, gravou um vídeo em seu Instagram dizendo que foi dispensado do período de testes no Vasco por ter sofrido preconceito por parte de um supervisor do clube pelo fato de ser morador de favela de ter tatuagens. Ouça o jogador.

O Vasco emitiu nota oficial negando o atleta e explicando os motivos da dispensa. Confira!

O Club de Regatas Vasco da Gama esclarece que a dispensa do atleta Hendrick foi motivada, exclusivamente, por questões disciplinares e técnicas. O atleta teve problemas para se adaptar às regras de hospedagem do Clube, durante o período de testes.

E não apresentou desempenho satisfatório na avaliação da comissão técnica. O tratamento concedido a Hendrick, cabe ressaltar, foi o mesmo dado a todos os jovens que buscam uma oportunidade com a camisa cruzmaltina.

Pioneiro na luta pela inserção de pobres e negros no futebol, o Vasco da Gama reafirma o compromisso com a sua própria história, a mais bonita do futebol, e sua luta contra qualquer tipo de preconceito.

Diante do exposto, o Clube lamenta que o atleta tenha se precipitado na avaliação dos motivos da sua dispensa”

0 comentários