06/02/18 - 17:32

Creches desmentem prefeito do Rio e dizem não ter previsão para novas vagas

Defensoria Pública notificou que há um déficit de 35 mil vagas nas unidades

Em entrevista nesta segunda-feira (05), Marcelo Crivella afirmou que as creches na cidade do Rio haviam prometido cerca de cinco mil novas vagas para este ano. Contudo, a Associação das Creches Conveniadas com a Prefeitura do Rio de Janeiro (Acreperj) rebateu essa informação. Guilherme Mautaroli, um dos diretores do grupo, disse que o município ainda precisa aceitar algumas condições para expandir a oferta.

Hoje, 158 creches atendem 16 mil crianças desde a fase de berçário até a pré escola. O município pagava R$ 300 por criança até 2016. A administração de Crivella dobrou o valor destinado às unidades, com a desculpa de que a verba viria do corte das escolas de samba.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (SME), são 145 mil crianças nessa etapa escolar em unidades próprias. A Defensoria Pública notificou que há um déficit de 35 mil vagas nas creches.

Guilherme nega que a associação tenha feito qualquer promessa. Ele afirma que uma criança custa R$ 850 às instituições e que a diferença de R$ 250 é custeada pelas próprias unidades. Para aumentar a oferta, a prefeitura precisa, além de pôr os pagamentos em dia, disponibilizar mais verba às unidades. O diretor da Acreperj afirma que o mês de dezembro ainda não foi quitado. A promessa, segundo ele, é que na próxima quinta-feira (08), as parcelas sejam pagas.

 

0 comentários