15/02/18 - 15:40

Defesa Civil interdita 41 casas no Complexo do Alemão

Em toda a cidade, choveu 75% do esperado para fevereiro

Um boletim com as ocorrências registradas a partir das 22h de ontem (14) até às 13h30 desta quinta-feira (15), foi divulgado pela Assessoria de Comunicação Social da Secretaria Municipal de Ordem Publica (Seop). De acordo com informações do órgão, 504 ocorrências emergenciais e preventivas foram registradas.

No Complexo do Alemão 41 imóveis já foram interditados pela Defesa Civil. Em Cascadura, 10 residências também estão isoladas.

A Guarda Municipal atua no trânsito para minimizar os transtornos causados pela tempestade. Ao todo, 400 agentes de trânsito, das unidades regionais e dos grupamentos de Motociclistas, Tático Móvel e de Operações Especiais atuam nos principais pontos de alagamentos. O objetivo da operação é orientar os motoristas e dar fluidez ao tráfego. Em vários pontos da cidade há incidência bolsões de água, quedas de árvores e outros bloqueios nas vias. A falta de luz atinge diversos bairros afetados pela chuva. Na Vila Valqueire, moradores estão sem água.

De acordo com o Centro de Operações Rio, o alto volume de chuvas impactou principalmente bairros das zonas Norte e Oeste do Rio. Em Jacarepaguá, das 17h de ontem às 2h de hoje, chegou a chover quase 150% da média de chuva esperada para todo o mês de fevereiro. No mesmo período, nas regiões da Barra/Riocentro e de Piedade, choveu o equivalente a 126% da média deste mês. Em toda a cidade, choveu 75% do esperado para fevereiro.

A cidade estava em Estágio de Atenção desde 1h20 desta quarta e entrou em Estágio de Crise à 0h25 desta quinta.  No entanto, às 5h30 desta quinta, retornou ao Estágio de Atenção. O Alerta Rio informou que a previsão é de céu nublado com pancadas de chuva isoladas no restante do dia. Os ventos terão predomínio de intensidade moderada.

0 comentários