12/06/18 - 14:40

Rio de Janeiro

Especial dia dos namorados: Amor além da rivalidade no futebol

Casais superam rivalidade entre times diferentes com muito amor

Por: Jéssica Duarte

Não existe time de futebol nas escolhas feitas pelo coração. Muitos casais são rivais em campo, mas fora dele se dão super bem. Esse é o caso da Milena e do Ricardo. Namorados há 6 anos, o casal divide a paixão pelo futebol. Com uma diferença: Ela é flamenguista e ele tricolor. Em dia de Fla-Flu, a arquibancada do casal acaba sendo em qualquer lugar, eles só querem estar juntos. Cada um com seu manto sagrado, os pombinhos procuram levar as brincadeiras na esportiva e lidam bem com isso: “Nunca passou de apenas sermos rivais no futebol e levarmos na esportiva. Sempre teve respeito no espaço de torcer, comemorar ou até mesmo ficar triste quando perde.” O amor supera até a rivalidade no futebol!

Rivais em campo, o casal procura sempre assistir o Fla-Flu juntos l Foto: Arquivo Pessoal

Ricardo e Milena se conheceram através de amigos, mas nunca imaginaram que estariam tanto tempo juntos. Eles contam que no começo foi um pouco difícil de lidar com essa rivalidade no futebol, mas que agora conseguem entender e respeitar o time do outro: “Temos nossas diferenças e uma delas é o time de futebol. Eu sou Flamenguista e ele é Tricolor. Sempre rola de zoarmos um ao outro quando o time não vai bem. Em dia de Fla-Flu, assistimos juntos e é o tempo todo aquela expectativa de gritar “GOL”, ainda mais quando o rival está ganhando. ” Sem dúvidas a emoção de um clássico é incrível, ainda mais com seu amor ao lado.

Depois do apito final de um juiz no clássico Fla-Flu, o que sobra são as brincadeiras, o amor e o respeito de um pelo outro.

Confira o vídeo do casal contando um pouco da sua história de amor: 

Se no jogo não se tem tanta sorte, no amor muitos conseguem. Isis e Mathaus são namorados há 5 anos e sempre foram rivais, mas de uma forma diferente: Um vai ao jogo do adversário com o outro, colocam a camisa do rival e ficam felizes pela vitória alheia. Isso aconteceu por conta de diversas brigas do casal em relação a futebol. Agora, eles preferem manter a paz e deixar a rivalidade somente dentro de campo: “Estamos aqui passando por tudo juntos, principalmente as diferenças. Eu rubro-negro fanático e ela botafoguense fanática. No início tínhamos aquelas brigas porque eu não aguentava e tinha que dar aquela zoada, como qualquer um faria, e com isso as brigas ficaram mais fortes e eu com medo de afetar nosso amor fiz uma proposta de irmos no Engenhão, no jogo do Botafogo, e eu vestindo a camisa e ela no Maraca vestida também. E graças aos deuses do futebol aprendemos aceitar a diferença um do outro, porém ainda tento fazer ela mudar de time.”

Isis, Botafoguense fanática, mostra que por amor vale tudo l Foto: Arquivo pessoal

Isis e Mathaus se conheceram em 2011 e desde então constroem uma história de amor enorme. Os deuses do futebol não abençoaram o casal com o mesmo time, mas conseguiram unir dois fanáticos rivais por um só ideal: O amor.

Mathaus prometeu levá-la em um jogo do Botafogo e cumpriu l Foto: Arquivo pessoal

Confira o vídeo do casal contando um pouco da sua história de amor: 

0 comentários