16/03/18 - 09:07

Rio de Janeiro

Abel Braga isenta Dudu de culpa na eliminação do Fluminense na Copa do Brasil

Jogador foi expulso quando o tricolor tinha um a mais em campo

Foto: Lucas Merçon l Fluminense

A missão do Fluminense em Florianópolis era dura. O tricolor precisava vencer o Avaí por dois gols de diferença para avançar na Copa do Brasil, ou apenas um, para levar a decisão nos pênaltis. O que não foi possível. A equipe carioca foi novamente derrotada para os Catarinenses e foram eliminados da competição.

Além do prejuízo técnico, a eliminação afetou os cofres do Fluminense. Isto porque, caso se classificasse, o tricolor embolsaria R$ 1,8 milhão por chegar à quarta fase da Copa do Brasil. Abel Braga falou sobre o sentimento de esta fora da competição.

– A gente sente é na alma. Não fomos eliminados pensando em passar de fase pelo dinheiro. A realidade do futebol não é essa. A realidade do Fluminense é que a gente sabe que tem de chegar mais gente. Passando ou não de fase. Isso chateia pois queríamos ir mais longe e acho que jogamos para isso. Lutamos. Foi um lance isolado. A segunda derrota do time no ano, as duas para o Avaí. Nos esforçamos para ter uma sorte melhor. A gente queria ter dado resposta ao torcedor. Lutamos, mas finalizamos pouco. O domínio não foi suficiente.

O Fluminense chegou a ficar com um a mais em campo por pouco tempo. Porém, a expulsão de Dudu, que entrou na segunda etapa no ugar de Richard, não estava nos planos de Abel Braga. O treinador isentou o jogador de culpa.

– Coloquei o Dudu. Ele não foi imaturo. O árbitro foi extremamente rigoroso. O menino não tinha tocado na bola, não tinha feito uma falta. O garoto está achando que ele foi o responsável pela derrota. Não foi nada. Os responsáveis fomos nós. É um menino. Isso o fará aprender. Foi uma encenação muito grande do João Paulo.

Com a eliminação, resta ao Fluminense o Campeonato Carioca, onde o tricolor está garantido na semifinal da Taça Rio e posteriormente, o Brasileiro e a Copa Sul-Americana.

0 comentários