14/06/18 - 08:35

Rio de Janeiro

Após a quarta derrota seguida, Abel Braga afirma que Fluminense precisa de reforços

Derrota para o Santos por 1 a 0 no Campeonato Brasileiro aumentou a pressão no Tricolor

Por: Jéssica Duarte

Foto: Mailson Santana / Fluminense F.C.

O Fluminense sofreu sua 4ª derrota seguida no Campeonato Brasileiro para o Santos, na última quarta-feira (13), no Maracanã. A parada para a Copa do Mundo será fundamental para o Tricolor se recuperar e voltar para a competição. Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Abel Braga destacou a importância de novos reforços e lamentou as perdas de jogadores com lesões.

– É um momento oportuno. Para deixar algumas coisas e atitudes extremamente corretas de lado para ir buscar mais jogador. Não é que esse grupo não tenha qualidade, mas falta reposição. O grupo inteiro estava jogando bem. O problema começou quando começou a machucar. Complicou. Já se tinha forma de jogar desde os EUA, mas perdemos o coletivo, a coisa mais forte que a gente tinha. E, com o coletivo forte, a individualidade sobressaia, mas agora faltam peças.

Abel Braga comentou sobre o momento conturbado que o Fluminense vive politicamente. Além disso, o treinador afirmou que a situação não o faz pensar em pedir demissão. O técnico também defendeu Pedro Abad.

– Não muda nada. O que tenho de falar de coisa interna, falo internamente ao presidente e ao vice. Já vem um diretor executivo. Se tivesse afetando, o time não corria. Hoje foi paga uma imagem. Claro que seria o ideal os jogadores atuarem com a cabeça tranquila. A gente não pode ir por aí. É um pouco covarde, sabe? Não dá para colocar o que aconteceu no ano passado e agora nas costas do Abad. Não é por aí. Eu lembro muito bem que, no final de janeiro, ele colocou a situação real do Fluminense. Eu disse a ele que teria de explicar isso. Pois iria cair nas costas dele. Não quero soar político. Eu gosto muito dele. É correto, do bem, homem. Conheci até a família. Pessoal de nível.

O treinador destacou a importância da sua relação positiva com a diretoria tricolor e afirmou que o momento é complicado.

– O torcedor tem o direito, quer ver o time com os melhores jogadores. Mas o clube não tem essa condição. Minha situação com o clube é igual e com a direção, espetacular. Tenho admiração, relação honesta com o presidente e com o vice de futebol. Estamos em um momento é complicado, são cinco jogos sem ganhar. Todo mundo tem de sentar e achar solução. É um momento importante, todos vão esfriar a cabeça e depois voltar para a inter temporada. Sem esquecer que os outros são fortes e nós precisamos ficar muito mais fortes.

O próximo compromisso do Fluminense é contra o Vasco, no dia 19 de julho, às 20h. A partida é válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

0 comentários