13/09/18 - 15:38

Rio de Janeiro

Após partida contra o Corinthians, jogadores do Flamengo comentam sobre estado do gramado do Maracanã

Diego, Rodinei e Réver pedem melhorias no gramado do estádio

Por: Jéssica Duarte

Foto: Staff Images/Flamengo

Diego, camisa 10 do Flamengo, é um dos jogadores que mais tem reclamado das condições do gramado do Maracanã. Após o empate em 0 a 0 contra o Corinthians, pela Copa do Brasil, na última quarta-feira (12), o atleta afirmou que a situação não serve de desculpa para o resultado, mas destacou que as condições do gramado do principal estádio do Rio de Janeiro são uma “vergonha”.

– Não quero ser repetitivo, mas também não preciso me omitir. O gramado do Maracanã é hoje uma vergonha, um desrespeito não só com o Flamengo e Fluminense, como com vocês que assistem aos jogos, com os torcedores e com o futebol brasileiro. Nós esperamos realmente uma atitude urgente para que possa ser respeitado o Maracanã como estádio e o futebol brasileiro porque as condições são terríveis. Não vai ser desculpa para nós, nossa responsabilidade de ganhar continua idêntica, mas devemos falar que é uma realidade que tem acontecido.

Já Rodinei, lateral do Flamengo, acredita que a questão do gramado é um problema que será resolvido pela diretoria. O jogador também afirmou que atrapalha, mas que isso não é desculpa para o resultado da partida.

– Não podemos falar de gramado, não é desculpa. É uma coisa da diretoria, muitos atletas já vieram aqui para reclamar. Mas isso não cabe a gente ficar falando. Temos que entrar em campo e fazer nosso papel. A gente sabe que atrapalha, mas isso não é desculpa.

O zagueiro e capitão Réver também ressaltou a importância da melhoria do gramado para a sequência dos campeonatos.

– É difícil. Estamos batendo nessa tecla tem muito tempo. Estão tentando uma melhoria, mas vocês também acompanham os jogos, essa rotina do Maracanã, o sofrimento que as equipes estão tendo. Quando não tem jogo, eles arrumam algum evento para ter no Maracanã e isso acaba dificultando ainda mais. Mas não podemos colocar mais culpa no gramado. Temos que jogar independente do gramado estar bom ou não. Claro que com o gramado bom, de repente, nossa equipe pode estar criando um pouco mais.

A empresa que cuida do campo, Greenleaf, nesta semana anunciou que iniciará reparos no gramado. A firma afirmou que os 13 jogos em 36 dias foram decisivos para a reforma, que inicialmente não afetará o Flamengo. Cerca de um terço do terreno de jogo já recebeu cuidados especiais, mas as falhas não foram corrigidas.

0 comentários