19/08/18 - 18:16

Rio de Janeiro

BAILE ATLETICANO! Botafogo joga muito mal e perde por 3 a 0 no Nilton Santos

Glorioso sofre no segundo tempo e leva goleada dentro de casa

Por: Matheus Emanuel

Foto: Bruno Cantini / Atlético

O Botafogo foi derrotado pelo Atlético-MG por 3 a 0 na tarde deste domingo (19), no Estádio Nilton Santos. O alvinegro carioca foi dominado pelo clube mineiro e amargou uma derrota significativa dentro de seus domínios. Luan, Cazares e Tomás Andrade marcaram para o Atlético-MG, que depois de abrir o placar, se aproveitou da fragilidade da defesa botafoguense e matou o jogo nos contra-ataques.

O primeiro tempo no Nilton Santos foi bastante movimentado. O Atlético teve mais chances que o time da casa, entretanto, o Botafogo também teve suas oportunidades para abrir o placar. Aliás, a primeira jogada de perigo foi do glorioso. Após corte parcial da defesa atleticana, a bola sobrou no jeito para Leo Valencia, na entrada da área, o camisa 10 arriscou de primeira e obrigou Victor a defender em dois tempos. O galo respondeu em um contra-ataque fulminante. Matheus Galdezani deu lindo passe para Ricardo Oliveira, na medida, em condição legal. O centroavante colocou na frente, chutou cruzado na saída de Saulo, a bola tirou tinta da trave, mas saiu pela linha de fundo.

O Atlético continuou na busca do gol, mesmo jogando fora de casa. Matheus Galdezani avançou com a bola no meio-campo atleticano, levantou a cabeça e resolveu arriscar de muito longe, o goleiro do alvinegro carioca estava lá para fazer mais uma intervenção segura. Chará recebeu pela esquerda do ataque do Atlético, passou por Carli e rolou para Ricardo Oliveira, que vinha de trás, o camisa 9 chutou de primeira e a bola teve o mesmo destino no lance anterior, passou rente a trave.

Os times foram para os vestiários, voltaram para o segundo tempo, mas a tônica foi a mesma da primeira etapa. O Botafogo continuou apostando nos chutes de longa distância e o Atlético permaneceu mais incisivo em jogadas mais trabalhadas. A estratégia da equipe mineira foi mais eficaz, pois aos 16 Luan fez bela jogada pela direita, tabelou com Emerson, trouxe para o meio e tocou para Galdezani. O meia que fez uma excelente partida devolveu na medida para Luan, que dominou e teve calma para tocar no canto do goleiro Saulo e abrir o placar para o Galo no Nilton Santos.

Por conta do gol do Atlético, o Botafogo tentou se lançar ao ataque para conseguir o gol do empate, no entanto, sem muita organização, o glorioso acabou tendo que ceder o contra-ataque ao Atlético. Chará ganhou a disputa no campo de defesa atleticano, colocou na frente e disparou com muita velocidade pela esquerda, deixou os marcadores para trás e cruzou rasteiro para Cazares, na medida. O equatoriano finalizou de primeira, com categoria, para estufar as redes de Saulo. Com o Botafogo entregue, o Atlético chegou ao terceiro gol. Tomás Andrade recebeu bom passe na grande área e bateu com categoria para aumentar a vantagem mineira, que quase foi ampliada no minuto seguinte, entretanto, Saulo conseguiu interceptar o chute de Ricardo Oliveira, que visava encobrir o goleiro botafoguense.

Quem narrou essa partida foi Jota Santiago. Confira:

0 comentários