06/09/17 - 18:59

Eurico Miranda exalta Certificado de Clube Formador de Atletas para o Vasco

Em coletiva de imprensa realizada na Colina História, na tarde desta quarta-feira, o Vasco informou que conquistou o Certificado de Clube Formador de Atletas, pela CBF. Para obter esse triunfo, o cruzmaltino atendeu a uma série de exigências, como apresentar a relação de técnicos e preparadores físicos, comprovar a participação em competições oficiais em todas as categorias, detalhar os programas de treinamento e proporcionar assistência médica e educacional aos atletas.
Com exclusividade a Super Rádio Tupi, Eurico Miranda falou sobre o certificado e também exaltou o retorno do estádio de São Januário.
Sérgio Guimarães: Presidente, o que representa para o desenvolvimento do Vasco, da história do clube, esse certificado de formação de atleta e todo esse trabalho de aprimoramento?
Eurico Miranda: O certificado é uma coisa absolutamente natural e obrigatória. O Vasco é um clube formador. Isso é uma demonstração do investimento que está sendo feito na base. O investimento é feito de diversas maneiras. Não estamos apenas gastando dinheiro. Foi feito de uma maneira científica, com profissionais capazes e fruto de um estudo. Os resultados começam a aparecer. Acho que esse lançamento, na verdade, é de se implantar uma metodologia nos atletas desde que eles começam, para quando chegarem no profissional não falarem “ah o atleta é muito bom mas falta isso e aquilo”. Esse é um passo importante aqui no Vasco, no sentido da formação do atleta, apesar de ser caro, mas tem retorno.
Sérgio Guimarães: No sábado, o Vasco volta a atuar em sua casa. Várias providências foram tomadas e o Vasco lutou para voltar a jogar em São Januário, mesmo sem a presença de torcida. O que você tem a falar sobre a volta do clube ao estádio?
Eurico Miranda: A volta era algo obrigatório. São Januário é um estádio que dispensa comentários e apresentação. Acidentes acontecem. Sou objetivo, no sentido de dizer, que o Vasco recebeu uma punição exagerada. Mas, as coisas estão sendo recolocadas nos lugares e vamos ter o Vasco retornando a São Januário. Tivemos, principalmente, prejuízo de ordem técnica. Continuamos com dois jogos de não ter a presença torcedor, o verdadeiro torcedor. Ele vem ou em qualquer lugar que vá, é para torcer. Não pode misturar torcedor com meia dúzia de vândalos que resolvem fazer confusão. Espero que o resultado seja importante para nós.
0 comentários