16/05/18 - 21:00

Rio de Janeiro

Fernando Miguel é apresentado oficialmente pelo Vasco

Goleiro tem contrato com o Cruz-Maltino até o fim de 2019 e chega para ser substituto de Martín Silva

Por: Jéssica Duarte

Foto: Paulo Fernandes/Vasco

Buscando reforços para o restante da temporada, o Vasco da Gama apresentou oficialmente o goleiro Fernando Miguel nesta quarta-feira (16). O defensor veio do Vitória e tem 33 anos. O seu contrato com o clube vai até o fim de 2019. Em entrevista coletiva, o jogador afirmou que foi bem recebido pelos companheiros e comentou sobre suas semelhanças com Martín Silva, titular absoluto do Cruz-Maltino.

– Quero voltar a frisar que é uma alegria muito grande em estar aqui. Fui recebido muito bem tanto pela diretoria, como jogadores e torcedores. Sou parecido com o Martín, também sou reservado, discreto. Foi bem bacana o encontro com ele, me deixou super à vontade para trabalhar. É uma alegria muito grande trabalhar com um atleta do gabarito do Martín. Chegar ao Vasco é uma valorização muito grande, uma camisa pesada do futebol brasileiro. Tenho 33 anos e tenho recebido oportunidades.

Fernando Miguel veio para ser o substituto de Martín Silva durante o período de preparação para a Copa do Mundo. O defensor comentou sobre a conversa que teve com o técnico Zé Ricardo e afirmou que o clássico contra o Flamengo é um campeonato à parte.

– Zé Ricardo me deixou tranquilo para me sentir em casa. Me deu segurança. Precisamos estar à vontade e seguros. Espero fazer um bom trabalho e evoluir. Fazer o Vasco dar passos grandes. Um clássico é vivido como um campeonato à parte. Só quem vive isso para saber a dimensão. Quem não estiver motivado para jogar um clássico desse, está na profissão errada. Os atletas estão muito próximos para fazer o melhor.

Fernando Miguel é conhecido por jogar muito bem com os pés. O goleiro afirmou sua experiência e destacou que os últimos resultados do Vasco em campo não podem se repetir.

– As leituras dos jogos vão te fazendo usar as virtudes que você tem. Se sentir seguro para jogar com os pés, joga, mas se tiver que dar chutão, também pode dar. Leitura de jogo é importante. É preciso ter leitura do momento que estamos vivendo. Momento de se reequilibrar e ter a compreensão de que é um momento difícil. Não podemos levar para dentro de campo.

O goleiro destacou a oportunidade de vestir a camisa do Vasco e demonstrou muita confiança para os próximos passos no clube.

– Vou vestir uma camisa que carrega tradição, que carrega títulos, então é uma honra defender o Vasco. Conheço sim a história dos goleiros do Vasco. Todos são referências na posição. Da minha geração, o próprio Martín é um jogador de bastante qualidade e que tem feito uma linda história no clube. Tem também o Hélton e o Carlos Germano. São goleiros de peso. A própria camisa do Vasco exige a presença de atletas com capacidade e envergadura. Estou iniciando um ciclo e espero deixar meu nome marcado também.

O Vasco entra em campo no próximo sábado (19) contra o Flamengo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. 

0 comentários