14/04/18 - 14:38

Vai começar a 16ª edição do Campeonato Brasileiro no formato dos pontos corridos

Atual campeão, Corinthians, é o clube com mais títulos nesse período (4)

Por Beto Jr

FOTO: REPRODUÇÃO DA INTERNET

Disputado desde 2003 no sistema dos pontos corridos, o Campeonato Brasileiro chega a sua 16ª edição, sendo a 13ª com 20 participantes. Um das novidades dessa edição de 2018 é a volta dos 12 grandes na disputa, algo que não acontecia desde 2012, e a presença de quatro clubes do Nordeste pela primeira vez desde 2003. Nessas 15 edições na era dos pontos corridos, o Brasileirão já contou com 41 clubes, sendo que apenas cinco estiveram em todas as edições (Flamengo, Fluminense, São Paulo, Santos e Cruzeiro). O Corinthians, rebaixado em 2007 e atual campeão, é o clube com mais títulos no período: quatro (2005, 2011, 2015 e 2017).

Confira abaixo os principais recordes do Brasileirão na era dos pontos corridos, desde 2003:

Mais títulos:

1º Corinthians (4) – 2005, 2011, 2015 e 2017
2º Cruzeiro (3) – 2003, 2013 e 2014
2º São Paulo (3) – 2006, 2007 e 2008
4º Fluminense (2) – 2010 e 2012
5º Santos (1) – 2004
5º Flamengo (1) – 2009
5º Palmeiras (1) – 2016

Mais vices:

1º Santos (3) – 2003, 2007 e 2016
1º Internacional (3) – 2005, 2006 e 2009
3º Gremio (2) – 2008 e 2013
3º Atlético-MG (2) – 2012 e 2015
5º Atlético-PR (1) – 2004
5º Cruzeiro (1) – 2010
5º Vasco (1) – 2011
5º São Paulo (1) – 2014
5º Palmeiras (1) – 2017

Mais pontos:
1º São Paulo (977)
2º Cruzeiro (941)
3º Santos (919)
4º Corinthians (886)
5º Internacional (849)
6º Flamengo (847)
7º Fluminense (846)
8º Gremio (832)
9º Atlético-MG (797)
10º Atlético-PR (781)
11º Palmeiras (748)
12º Botafogo (693)
13º Vasco (634)

Mais participações:
1º São Paulo (15)
1º Cruzeiro (15)
1º Flamengo (15)
1º Fluminense (15)
1º Santos (15)
5º Corinthians (14)
5º Internacional (14)
5º Gremio (14)
5º Atlético-MG (14)
5º Atlético-PR (14)
10º Palmeiras (13)
10º Botafogo (13)

Mais vitórias:
1º São Paulo (276)
2º Cruzeiro (272)
3º Santos (256)
4º Corinthians (243)
5º Internacional (237)

Mais gols:
1º Cruzeiro (917)
2º Santos (902)
3º São Paulo (893)
4º Fluminense (821)
5º Atlético-MG (802)

Mais rodadas na liderança:
1º Corinthians (118)
2º Cruzeiro (105)
3º São Paulo (64)
4º Palmeiras (55)
5º Fluminense (46)

Clubes que terminaram mais vezes no G4:
São Paulo 9 (3 títulos)
Cruzeiro 7 (3 títulos)
Grêmio 7
Santos 7 (1 título)
Corinthians 6 (4 títulos)
Palmeiras 6 (1 título)
Internacional 5
Fluminense 4 (2 títulos)
Flamengo 4 (1 título)

Mais vezes campeões do 1º turno:
4 – Corinthians (2005, 2011, 2015 e 2017)
3 – Cruzeiro (2003, 2013 e 2014)
2 – São Paulo (2006 e 2007)

Mais vezes campeões do 2º turno:
4 – São Paulo (2006, 2007, 2008 e 2012)
3 – Cruzeiro (2003, 2009 e 2013)
2 – Corinthians (2014 e 2015)

Mais rebaixamentos:
3 – Avaí (2011, 2015 e 2017)
3 – Coritiba (2005, 2009 e 2017)
3 – Figueirense (2008, 2012 e 2016)
3 – Ponte Preta (2006, 2013e 2017)
3 – Vasco (2008, 2013 e 2015)
3 – Vitória (2004, 2010 e 2014)

Maiores artilheiros:
1º Fred (139 gols)
2º Paulo Baier (106 gols)
3º Alecsandro (100 gols)
4º Borges (99 gols)
5º Diego Souza (88 gols)

Mais gols em uma só edição:
34 – Washington (Atlético-PR) em 2004
31 – Dimba (Goiás) em 2003
23 – Jonas (Gremio) em 2010
23 – Borges (Santos) em 2011

Quem mais jogou:
1º Fábio, goleiro (496 jogos)
2º Rogério Ceni, goleiro (428 jogos)
3º Leonardo Moura, lateral-direit (421 jogos)
4º Juan, lateral-esquerdo (347 jogos)
5º Victor, goleiro (342 jogos)

Jogadores com mais títulos:
4 – Emerson Sheik (2009, 2010, 2011 e 2015)
4 – Dagoberto (2007, 2008, 2013 e 2014)
4 – Borges (2007, 2008, 2013 e 2014)
4 – Danilo (2005, 2011, 2015 e 2017)

Maiores goleadas:
27/4/2003 – Goiás 7 x 0 Juventude, Serra Dourada
14/12/2003 – Bahia 0 x 7 Cruzeiro, Fonte Nova
28/9/2004 – São Paulo 7 x 0 Paysandu, Morumbi

Gol mais rápido:
8 segundos
Dinei, do Vitória, no jogo Portuguesa 1 x 2 Vitória, dia 6/7/2008, no Canindé

Maior público:
82 004 – Flamengo 2 x 0 Atlético-PR, dia 25/11/2007, no Maracanã

Menor público:
187 – Vitória 1 x 0 Coritiba, dia 30/11/2003, no Barradão

Maior renda
R$ 6 948 710,00 – Santos 0 x 0 Flamengo, dia 26/5/2013, no Mané Garrincha-DF

Menor renda
R$ 1 935,00 – Vitória 1 x 0 Coritiba, dia 30/11/2003, no Barradão-BA

Melhor aproveitamento:
72,5% – Cruzeiro (2003) – 46 J, 31 V, 7 E, 8 D

Pior aproveitamento:
14,9% – América-RN (2007) – 38 J, 4 V, 5 E, 29 D

Melhor ataque:
Santos, 2004, 103 gols em 46 jogos (média de 2,24 por partida)

Pior ataque:
Náutico, 2003, 22 gols em 38 jogos (média de 0,58 por partida)

Maior invencibilidade:
Corinthians, 19 jogos em 2017

Maior jejum de vitória:
São Caetano,15 jogos em 2006
América-RN, 15 jogos em 2007

Maior sequência de vitórias:
Cruzeiro, 8 vitórias, em 2003 e em 2013

Maior sequência de derrotas:
Náutico, 12 derrotas, em 2013

Técnicos com mais jogos:
1º Vanderlei Luxemburgo (447)
2º Muricy Ramalho (441)
3º Cuca (438)
4º Dorival Júnior (401)
5º Celso Roth (357)
6º Tite (338)
7º Abel Braga (324)
8º Renato Gaúcho (304)
9º Marcelo Oliveira (278)
10º Vágner Mancini (277)

0 comentários