17/12/18 - 09:53

Cadela é morta na frente da família no Norte Fluminense

Crime aconteceu porque o animal teria mordido o pé do agressor

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma cadela foi morta na frente de família, em São Francisco de Itabapoana, no Norte Fluminense. A ex-esposa do agressor filmou toda a ação, e as imagens estão circulando nas redes sociais. O filho de dois anos do homem também teria assistiu à agressão.

O homem teria matado a cadela Lili porque ela teria mordido seu pé, após se assustar com ele. Os familiares tentaram impedir a agressão, mas não conseguiram. Ele feriu o animal batendo com sua cabeça na parede, o jogando para cima e pisando em seu corpo.

Nas imagens que circulam na internet, a idosa, dona de Lili, chora segurando o corpo da cadela.

Lei dos Crimes Ambientais

Vale lembrar que matar animais é crime, sendo ele doméstico, domesticado, exótico, nativo ou silvestre. A Lei dos Crimes Ambientais prevê detenção de três meses a um ano, além de multa para quem cometa abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar qualquer tipo de animal. Em caso de morte, a pena aumenta até um terço.

0 comentários