11/10/17 - 14:58

Corregedoria da PM determina que morte de mulher na Cidade de Deus seja investigada

Enterro de Marisa Carvalho Nóbrega foi impedido pela Polícia Civil

A morte de Marisa de Carvalho Nóbrega, de 48 anos, que segundo parentes e amigos teria sido agredida por policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, será investigada. A Corregedoria da Polícia Militar informou, nesta quarta-feira (11), que determinou a abertura de um inquérito para apurar o caso.

O enterro de Marisa, que aconteceria na terça-feira (10), foi impedido pela Polícia Civil após a denúncia da família de que a morte dela se deu por conta das agressões feitas por PMs. A Polícia determinou que o corpo da mulher fosse de volta para o Instituto Médico-Legal para uma necropsia. A previsão é de que o exame seja concluído em até quatro dias.

 

0 comentários