10/10/18 - 15:40

Ex-PM condenado por crime de feminicídio a 30 anos de prisão

Dentista foi morta com cinco tiros, sendo dois pelas costas

O ex-cabo da PM, Leandro Pinto de Carvalho, foi condenado a 30 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato da dentista Fabíola da Cunha Peixoto, em Olaria, Zona Norte do Rio. A condenação foi uma decisão do Conselho de Sentença do 3º Tribunal do Júri.

A pena foi agravada pelas características de feminicídio. A juíza que assinalou a sentença foi a magistrada Tula Corrêa de Mello. Segundo ela, “o réu agiu com grau elevado de culpabilidade”. Ela evidenciou ainda que o condenado praticou o crime em razão do gênero. Ela alertou que é responsabilidade do Tribunal coibir tal prática.

Crime aconteceu em 2014. Foto: Reprodução

O casal mantinha um relacionamento de meses e o crime aconteceu na residência do ex- PM. No dia do assassinato a vítima completava 24 anos de idade. A dentista foi morta com cinco tiros, sendo dois pelas costas. A mãe da vítima, que era filha única, passou mal durante o seu depoimento na sessão de julgamento.

0 comentários