25/03/19 - 13:48

Rio de Janeiro

Into passa por vistoria da Defensoria Pública nesta segunda-feira

Há denúncia grave de desabastecimento de insumos na instituição

Foto: Reprodução

A Defensoria Pública da União realiza uma vistoria no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) para avaliar as condições da unidade, nesta segunda-feira. Há denúncia grave de desabastecimento de órteses, próteses e materiais especiais. Há também deficiência em equipamentos, o que determinou a paralisação das cirurgias.

O Into está sem diretor geral há oito meses, quando o último gestor foi preso por fraude, durante a operação Ressonância. A fila da instituição conta hoje com mais de 11 mil pacientes, aguardado por procedimentos cirúrgicos até 10 anos. Além das multas pelo descumprimento do acordo judicial, a Defensoria estuda proposta de uma nova ação por danos morais coletivos contra a União e uma representação por improbidade administrativa contra os ex-diretores da unidade.

0 comentários