18/12/18 - 15:56

Justiça determina bloqueio de bens de envolvidos em desvios nas obras da Linha Quatro do Metrô

Ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, é um dos envolvidos no esquema

A Justiça acatou o pedido do Ministério Público e determinou o bloqueio de bens dos acusados de desviar recursos públicos durante as obras de integração das Linhas 1 e 4 do metrô Rio. Entre eles, está o ex-governador Sérgio Cabral. De acordo com a decisão da Justiça, doze pessoas e a CBPO Engenharia, sociedade empresária controlada pelo Grupo Odebrecht, responsável pela obra, tiveram os bens bloqueados.

Cabral, ex-dirigentes da Riotrilhos e a própria CBPO tiveram indisponibilizados quase R$ 400 milhões que serão usados para ressarcir os cofres do Estado pelo superfaturamento e sobrepreço praticados durante a obra. Na ação, o Ministério Público narrou o histórico de irregularidades e de desvio de recursos nas obras da Linha 4 o e informou também como foram orquestradas as alterações dos contratos.

0 comentários