13/12/18 - 11:35

Milícia constrói píer para explorar transporte aquaviário na Zona Oeste

Polícia também encontrou prédios de luxo em construção

Foto: Divulgação

Policiais militares do Comando de Polícia Ambiental (CPAm) encontraram na quarta-feira (12) um píer construído por milicianos para explorar o transporte aquaviário, em Rio das Pedras, na Zona Oeste do Rio.

 O local funcionava como a estação das balsas da região. Os moradores embarcavam rumo às áreas nobres da Barra da Tijuca, também na Zona Oeste, incluindo as Ilhas Primeiro e da Gigóia, e às comunidades do Itanhangá. A milícia investiu R$3 milhões na construção do píer.

Foto: Divulgação

A polícia também encontrou prédios de luxo em construção no bairro do Anil e em Rio das Pedras, e edifícios já concluídos. Aparentemente não havia irregularidades nos canteiros, pois tinham placas com os nomes de engenheiros responsáveis pelas obras, corretores de imóveis oferecendo apartamentos de diversos valores e condições de pagamento, com projeção de taxas de condomínio. Mas, as construções clandestinas não tinham ligação regular de esgoto, que seriam lançados em rios e na Lagoa da Barra, com potencial altamente poluidor das águas.

Os agentes encontraram ainda construções ilegais na Área de Amortecimento do Parque Nacional da Floresta da Tijuca. Pelo menos 50 pessoas, entre engenheiros, corretores e operários, foram levadas para a delegacia por crimes ambientais e construção irregular.

Foto: Divulgação

0 comentários