02/01/18 - 13:58

Nova tarifa de energia pode ser utilizada por clientes com maior consumo

Apenas em janeiro de 2020 todos os consumidores poderão realizar a mudança para o método de cobrança da tarifa branca

Tarifa branca é o novo regime de cobrança para clientes que conseguem gerenciar seu consumo de energia.  Aqueles que tem um consumo mensal fora do horário de pico ou que utilizam mais que 500 quilowatts-hora por mês, podem aderir ao novo método e gastar menos na conta de luz. Interessados em usar o novo regime, devem procurar a distribuidora que atende sua região.

Este modelo só é vantajoso para quem consegue concentrar seu consumo de energia entre 22h de um dia e 17h do dia seguinte. Contudo, durante este período, a energia fica até cinco vezes mais cara.

Quem chega em casa após às 17 horas, após ficar o dia inteiro fora, não vale a pena fazer a mudança. No método atual de cobrança, o consumidor paga o mesmo valor pela energia em todos os horários do dia, seja manhã, tarde, noite ou madrugada.

Para escritórios que funcionam apenas em horário comercial ou quem estuda e trabalha à noite, a mudança trará mais benefícios.

O objetivo da tarifa branca é diminuir o consumo de energia em horário de pico.

Apenas clientes com consumo médio mensal acima de 500 kWh poderão migrar, isso significa cerca de quatro milhões de unidades consumidoras. A média de consumo do brasileiro é de 160 kWh, sendo assim, a primeira leva será de consumidores de alta renda, além de comércios e indústrias.

Em janeiro de 2019, consumidores com média de consumo acima de 250kWh também poderão migrar e em 2020, todos poderão fazer a mudança.

0 comentários