13/09/18 - 16:03

Polícia prende mulher acusada de vender, ilegalmente, senhas para cirurgias plásticas dentro de hospital

Outras duas pessoas estavam envolvidas na venda das credenciais

Uma mulher foi presa na tarde desta quinta-feira (13) acusada de de vender falsos cartões para marcação de cirurgias plásticas. De acordo com a Polícia Militar, a mulher oferecia vantagens financeiras aos pacientes. A acusada atuava no Hospital do Servidor na Rua Venezuala, na Praça Mauá, no Centro do Rio.

Senhas oferecidas para os pacientes. Foto: Reprodução

A polícia informou que a acusada estava acompanhada de uma segunda mulher. A segunda suspeita indicou que também receberia o mesmo cartão de uma outra envolvida que comercializava as credenciais falsas. A equipe aguardou o encontro entre ambas na porta da unidade e conseguiu prender a falsificadora. As três envolvidas foram encaminhadas para a sede da Polícia Federal, na Praça Mauá.

0 comentários