11/12/18 - 12:11

Prefeitura de Mesquita é alvo de ação da Polícia, MPRJ e TCE

Operação pode ter outros desdobramentos

Uma operação conjunta realizada nesta terça-feira (11) entre o Ministério Público do Rio, a Polícia Civil, e o Tribunal de Contas do Estado visa cumprir mandados de busca e apreensão na Prefeitura de Mesquita, na casa do ex-secretário de governo da Prefeitura, Bruno Daumas Ferreira dos Santos, na sede da empresa Nil Locações Ltda, e em outros três endereços.

O MPRJ também pediu a quebra de sigilo de dados dos bens apreendidos. De acordo com as investigações, Bruno Daumas mantém um esquema de fraude em licitações envolvendo a Prefeitura de Mesquita, tendo como “laranjas” Raphael Loureiro Souza, Marcelo Simões e Tania Maria da Silva Souza, tia de Raphael. Segundo o promotor do Ministério Público responsável pelo caso, Fábio Correa, a operação pode ter outros desdobramentos. Ouça:

Em um áudio gravado a partir de uma interceptação telefônica, Daumas negocia a nomeação de motoristas que não possuíam carteira de habilitação. Ainda segundo o promotor Fábio Correa, a prática criminosa se estendia a outra prefeitura também na Baixada Fluminense, porém, as investigações seguem sob sigilo. Ouça:

Bruno Daumas era responsável por coordenar um esquema de rodízio de nomeações e exonerações de servidores para trabalharem com as empresas envolvidas nas fraudes.

0 comentários