16/12/18 - 12:05

Professor morre após atropelar policial na Zona Oeste

Agente passava por tratamento psicológico e estava proibido de usar arma de fogo

O professor de surf, Anderson Ramos Cunha, de 45 anos, atropelou o policial civil Renato Fernandes Gomes antes de ser baleado, na madrugada deste sábado (15), na Taquara, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.

Em um vídeo capturado pelas câmeras de um condomínio, é possível observar que o policial caminha por uma calçada com dificuldade e falando sozinho com uma arma na mão. Momentos depois, o professor aparece pilotando uma moto, sobe a calçada e atropela o policial. Os dois caem no chão e Renato dispara algumas vezes. Um único disparo atingiu Anderson no abdômen. Em seguida, o policial chuta a cabeça da vítima, retira o capacete e desfere duas coronhadas. Em seguida, o agente tenta subir pelo portão do edifício. Confira:

O policial foi preso por agentes Delegacia de Homicídios da Capital (DHCapital), que fez uma perícia no local. Com ele foram apreendidos uma pistola e um revólver. Colegas de trabalho de Renato dizem que ele passava por tratamento psicológico na Polícia Civil e estava proibido de usar arma de fogo há pelo menos dois anos.

O corpo do professor foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e ainda não há informações sobre a data e local de seu enterro.

0 comentários