23/02/19 - 10:30

Traficante é preso após fugir para a Paraíba e deixar o crime para ser pintor de telas

Segundo a Polícia, homem tem 42 anotações criminais e é extremamente violento

A polícia prendeu nesta sexta-feira (23), o traficante Luiz Claudio Sant’anna, o Lico, chefe da venda drogas do complexo do Viradouro, em Niterói. Ele é apontado como um dos principais traficantes de uma organização criminosa do Rio. Lico vivia uma vida tranquila em João Pessoa, na Paraíba apesar das 42 anotações criminais. Ele fazia pinturas de óleos sobre tela na Paraíba e chegou a adotar uma assinatura: Luiz Águia.

Quadro feito por Luiz Cláudio. Foto: Divulgação/Polícia Civil

 Antes de ser preso Lico chegou a fazer exposições do trabalho em feiras e mostras locais. O foragido vivia num condomínio de luxo, à beira da praia. Embora vivesse no Nordeste, para a polícia Lico continuava a ser traficante de Niterói. Ele foi preso numa ação conjunta da policia civil do Rio e da Paraíba. Segundo os agentes o traficante é extremamente violento.

Em sua ficha criminal constam anotações como homicídio, extorsão e estupros. Foto: Reprodução

0 comentários