14/03/18 - 11:21

Morre Stephen Hawking, aos 76 anos

Físico ganhou fama no fim da década de 1960, com sua teoria da singularidade do espaço-tempo

O físico e pesquisador britânico, Stephen William Hawking, morreu aos 76 anos, nesta quarta-feira (14), em sua casa na Inglaterra. Os filhos, Lucy, Robert e Tim comunicaram a morte à imprensa inglesa. “Estamos profundamente tristes pela morte do nosso pai hoje (…) Era um grande cientista e um homem extraordinário, cujo trabalho e legado viverão por muitos anos” disseram no comunicado. A causa da morte não foi divulgada.

Stephen Hawking ganhou fama no fim da década de 1960 com sua teoria da singularidade do espaço-tempo, aplicando a lógica dos buracos negros a todo o universo. O físico se tornou um dos cientistas mais conhecidos do mundo, por abordar temas como a natureza da gravidade e a origem do universo.

Ele também teve destaque por portar Esclerose Lateral Amiotrófica e ter sobrevivido à doença por décadas, sem interromper sua carreira. Por causa da doença degenerativa, Hawking só conseguia mover um dedo e os olhos voluntariamente. Ele usava um sintetizador eletrônico para falar e formava as palavras em uma tela com o movimento dos olhos, que também era usado para movimentar sua cadeira de rodas.

Físico ficou famoso mundialmente com sua teoria da singularidade do espaço-tempo

Curiosidades

Stephen Hawking nasceu em 8 de janeiro de 1942, exatamente 300 anos depois da morte do  físico, matemático, astrônomo e filósofo italiano Galileu Galilei, e morreu no mesmo dia do nascimento do físico teórico alemão  Albert Einstein, em 14 de março de 1879.

Ao longo de sua carreira, escreveu 14 livros, entre eles o best-seller de 1988  “Uma breve história do tempo”.

O físico teve sua história de vida contada no filme “A teoria de tudo”, em 2014.

Hawking escreveu 14 livros ao longo de sua carreira

0 comentários