06/06/18 - 18:24

PF pede quebra de sigilo telefônico de Temer, Padilha e Franco

Objetivo é identificar telefonema em data aproximada a um encontro para acertar pagamento de R$ 10 milhões com a Odebrecht

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A fim de investigar um pagamento de propina, a Polícia Federal (PF) pediu a quebra de sigilo telefônico do presidente da República, Michel Temer, e dos ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Minas e Energia).

A PF quer rastrear uma possível ligação de Temer e dos dois ministros em data aproximada de um encontro no Palácio do Jaburu, residência do presidente, onde teria sido combinado um pagamento de propina pela Odebrecht, em 2014.

Em depoimento ao Ministério Público Federal (MPF), o delator Cláudio Melo Filho, ex-executivo da Odebrecht, afirmou que o Temer pediu, em 2014, R$ 10 milhões ao empreiteiro Marcelo Odebrecht.

0 comentários