17/04/18 - 09:54

PMs cedidos à Alerj precisam se reapresentar nesta terça-feira

Até a noite de ontem, 40 policiais que estavam na Alerj se reapresentaram

Foto: Reprodução/ Redes Sociais

A Polícia Militar afirmou, na noite da última segunda-feira (16), que os PMs que não se apresentarem à Diretoria Geral de Pessoal da corporação nesta terça-feira (17) poderão ser enquadrados no crime de deserção.

O general do Exército Richard Nunes, Secretário Estadual de Segurança, determinou a volta de 87 policiais militares cedidos à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado ontem.

A medida, de afastar os agentes que não se apresentarem, está prevista no Código Penal Militar. A pena, agravada no caso de oficiais, é de seis meses a dois anos de detenção. De acordo com a corporação, até a noite de ontem, 40 policiais que estavam na Alerj se reapresentaram.

Após polêmica envolvendo o empréstimo de 87 policiais militares, a Alerj se pronunciou por meio de nota e disse que não teve nenhuma ingerência na elaboração da lista de agentes convocados. A Alerj afirmou ainda que, trata-se de uma decisão unilateral da secretaria baseada em critérios definidos pela mesma.

0 comentários