12/12/17 - 14:49

Rio de Janeiro

Projeto Rio+Seguro tem futuro incerto

Prefeitura contava com o aumento do IPTU para arrecadar subsídio para o programa

A decisão em caráter liminar pelo Órgão de Justiça do Rio, suspendeu o aumento do IPTU para 2018, com isso o programa Rio+Seguro, recém lançado pela prefeitura pode ser suspenso. A continuidade do projeto contava com a arrecadação do imposto para o próximo ano. O prefeito, Marcello Crivella, diz que em Brasília pretende ter um resultado positivo. O programa foi lançado no mês passado e os primeiros bairros beneficiados são Copacabana e Leme.

O prefeito conta que pretende recorrer do veredito e lamenta o parecer do judiciário. Segundo ele, o aumento é necessário também para tapar os rombos feitos na gestão de Eduardo Paes, já que o déficit deixado pelo prefeito anterior é avaliado em R$ 1 bilhão.

A ação para impedir o aumento foi movida por três deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Flávio Bolsonaro (PSC), Lucinha e Luiz Paulo Corrêa (PSDB).

0 comentários