16/04/18 - 13:01

Raúl Jungmann diz que investigações do caso Marielle estão avançando e que milicianos são os principais suspeitos

Confira o pronunciamento do chefe da Casa

Ministro Extraordinário da Segurança Pública Raúl Jungmann disse, na sede da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na Rodovia Presidente Dutra, na Zona Norte do Rio, que as investigações do “Caso Marielle” estão avançando. Segundo ele, a hipótese mais consistente é de milicianos tenham sido os autores do crime. O chefe da pasta disse que se trata de um crime raro,  pois não houve ameaças à, ele afirmou que as investigações estão no campo da materialidade.

Jungmann disse que tanto ele quanto o secretário de Segurança Pública, General Richard Nunes confiam na equipe responsável pelas investigações e no delegado Rivaldo Barbosa, Chefe de Polícia Civil, que já solucionou outros casos como o da juíza Patrícia Acioli.

Jungmann esteve presente na tarde desta segunda-feira (16) para a cerimônia de divulgação da ampliação do Sistema Alerta Brasil de monitoramento de veículos nas rodovias federais. Foto: Reprodução.

0 comentários