17/04/18 - 09:52

Suspeito de se passar por médico é preso na Zona Oeste

Homem cobrava entre R$50 e R$80 por atestados falsos

Policiais Civis da Delegacia do Consumidor (Decon) prenderam um enfermeiro suspeito de se passar por médico, em sua residência, na Taquara, na Zona Oeste, na última segunda-feira (16).

Segundo a Decon, Fladimir Terra da Costa, de 55 anos, que vinha sendo investigado há dois meses, se passava por médico do trabalho e cobrava entre R$50 e R$80 por atestados falsos. Ainda segundo a especializada, os documentos eram assinados pelo suspeito, mas tinham carimbos e CRM de médicos.

Fladimir foi preso em flagrante, quando agentes se passaram por pacientes em busca de um atestado. Ele confessou a venda de falsos documentos. O companheiro do enfermeiro foi levado como testemunha para a delegacia.

Com o suspeito foram encontradas receitas médicas, atestados e carimbos em nome de pelo menos cinco profissionais, entre eles o médico do trabalho Iranildo Cabral da Costa, de 72 anos. O médico foi chamado a depor e negou conhecer o suspeito.

Após verificar que Iranildo nunca teve passagens ou inquéritos na Justiça, sua participação no esquema foi descartada. Fladimir contou que nunca conheceu o médico e que pegou seu CRM na internet, para se passar por ele. A Polícia Civil entrou em contato com outros médicos, que devem prestar depoimentos ainda esta semana.

O enfermeiro foi indiciado por estelionato. Se condenado, o suspeito pode cumprir pena de mais de cinco anos de prisão.

0 comentários