19/04/18 - 08:07

Cabral deve ser ouvido hoje sobre “uso abusivo de algemas”

De acordo com Raquel Dodge, Gilmar Mendes não poderia ter aberto o inquérito

Foto: Reprodução Web

O ex-governador do Estado do Rio, Sérgio Cabral, deve ser ouvido nesta quinta-feira (19) sobre o “uso abusivo de algemas” quando foi transferido para Curitiba, em janeiro deste ano. Na ocasião, Cabral teve pés e mãos amarrados.

O interrogatório deve acontecer no Tribunal Regional Federal da Segunda Região (TRF2), apesar da solicitação da Procuradoria Geral da República (PGR) para que o caso fosse arquivado.

De acordo com a Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, Gilmar Mendes não poderia ter aberto o inquérito. “[O sistema] não admite que o órgão que julgue seja o mesmo que investigue e acuse”, escreveu ela.

Na época, Cabral foi transferido após suspeita de receber regalias enquanto estava na penitenciária do Rio. Ele ficou no Sul por três meses e conseguiu um habeas corpus para voltar a uma prisão do Rio. Atualmente, Cabral está no presídio de Bangu 8, na Zona Oeste do Rio.

0 comentários