20/04/18 - 08:06

Cabral presta depoimento sobre inquérito das algemas

Raquel Dodge chegou a pedir o arquivamento do inquérito

Foto: Reprodução Web.

O ex-governador do Estado do Rio, Sérgio Cabral, prestou depoimento sob sigilo por cerca de 40 minutos no Tribunal Regional Federal da 2.ª Região, no Centro do Rio, na última quinta-feira (19). Cabral falou sobre suposto abuso de autoridade no caso das algemas na chegada a Curitiba, no Paraná.

Na ocasião, o Sérgio Cabral foi conduzido com mãos e pés algemados, com agentes armados e de capuz. O procedimento foi criticado por juristas como uma exibição desnecessária, já que o ex-governador não tem histórico de periculosidade. A Polícia Federal explicou que o procedimento foi para garantir a segurança do preso.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, chegou a pedir o arquivamento do inquérito por entender que Gilmar não podia abri-lo. A PGR sustenta que o órgão que julga não pode ser o mesmo que investigue e acuse. Nenhum procurador participou da audiência.

Na época, Cabral foi transferido após suspeita de receber regalias enquanto estava na penitenciária do Rio. Ele ficou no Sul por três meses e conseguiu um habeas corpus para voltar a uma prisão do Rio. Atualmente, Cabral está no presídio de Bangu 8, na Zona Oeste do Rio.

0 comentários