04/05/18 - 16:23

Colegas de trabalho afirmam que enfermeira suspeita de matar bebês é inocente

Polícia Civil investiga motivação do crime

A enfermeira Simone Anjos dos Santos, presa na última quarta-feira (03), suspeita de tentar matar bebês cortando seus cateteres, foi defendida nas redes sociais por colegas de trabalho. Pessoas que trabalhavam e conviviam com a profissional, afirmaram que ela não teria uma conduta do tipo.

Simone foi presa por agentes da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV). Foto: Divulgação Polícia Civil

Em uma das postagens feitas no Facebook uma das colegas de trabalho de Simone alegou que o procedimento adotado seria normal. Segundo ela, a enfermeira estaria sofrendo preconceito. “A Simone não matou ninguém, ela simplesmente improvisou como todos fazem em neonatal cortar o cateter longo para facilitar a entrada de O2”.

A prisão da profissional causou comoção na categoria. Pessoas próximas a suspeita e profissionais da área da saúde defendem que as imagens usadas para acusar a enfermeira seriam insuficientes para comprovar o crime. A Polícia Civil investiga a motivação do crime.

 

0 comentários