05/04/18 - 08:02

Eduardo Paes e Pedro Paulo seguem inelegíveis por oito anos

Sentença do TRE-RJ é de dezembro do ano passado

Sentença do TRE-RJ é de dezembro do ano passado. Foto: Reprodução Web

O Ex-prefeito do Rio Eduardo Paes e o Deputado Pedro Paulo continuam inelegíveis. A decisão de rejeitar o pedido da defesa de um novo recurso foi tomada na última quarta-feira (04) pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ).

A sentença do TRE-RJ é de dezembro do ano passado e determinou que houve abuso de poder político-econômico, além de conduta vedada a agente público no pleito.

O recurso dos advogados de defesa pedia para que a Corte admitisse a ida do processo ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com o TRE-RJ, Paes pede diretamente ao próprio TSE para que aceite julgar o caso e depois analise o mérito— ou seja, se a condenação deve ser mantida ou não.

O TRE-RJ entendeu que, como prefeito, Paes contratou o “Plano Estratégico Visão 500”, custeado pelo dinheiro dos contribuintes, e o utilizou na campanha de Pedro Paulo à sucessão. Na ocasião, Pedro Paulo não chegou nem ao segundo turno e perdeu para Marcelo Crivella (PRB).

A dupla está inelegível por oito anos. Além da inelegibilidade, Pedro Paulo e Eduardo Paes devem pagar cerca de R$ 106 mil cada um quando o processo for transitado em julgado, caso não haja mais recursos em nenhuma instância.

0 comentários