05/07/18 - 11:16

Empresários foragidos da Operação Ressonância estão sendo procurados pela PF

Ação revelou um esquema de corrupção no Into envolvendo 30 empresas

Os empresários Ermano Marchetti Moraes e Gaetano Signorini, considerados foragidos da Justiça pela operação Ressonância, desdobramento da Operação Fatura Exposta, estão sendo procurados  pela Polícia Federal (PF). A ação revelou um esquema de corrupção no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) com a compra de próteses que envolvia 30 empresas.

O chefe do esquema conhecido com “clube do pregão internacional” seria o empresário Miguel Iskin, preso na última quarta-feira (4). Ele teria recebido 40% do valor total dos contratos fraudados para favorecer as empresas que faziam parte do esquema.

0 comentários