29/01/16 - 20:02

Apesar de estrear em casa, Jorginho projeta jogo difícil contra o Madureira

Na manhã desta sexta-feira, no penúltimo treino antes da estreia no Campeonato Carioca, Jorginho manteve praticamente o mesmo time em suas atividades táticas e coletivas. Em relação ao time que terminou bem o Campeonato Brasileiro do ano passado, as novidades são Mateus Pet e Júlio dos Santos. O técnico cruz-maltino explicou o esquema da equipe e o motivo pela escolha do paraguaio.
"O posicionamento permanece, apesar de termos variações. A equipe ocupa muito bem os espaços e ganhamos com isso. Estamos sem o Diguinho, mas temos o Marcelo, que está bem, o Gallo, que está muito bem, e toda as vezes que colocamos esses jogadores se saíram bem. Às vezes, o torcedor não entende o motivo do Julio dos Santos, se ficou no banco ano passado, mas é porque estávamos no olho do furação. Não tínhamos tempo de treinar e orientar o jogador. Ele caiu perfeitamente ali. Tem muita criatividade, o passe muito bom e tem uma estatura ótima para essa função e consegue evitar um chutão, uma jogada de bola parada. Tem qualidade e sentido de marcação muito bom. Encaixou."
Jorginho elogiou o primeiro adversário do Campeonato Carioca, o Madureira, equipe que o técnico cruz-maltino considera muito bem montada e projetou um jogo difícil.
"Será uma pedreira. O Madureira é sempre uma equipe muito organizada. O treinador Alfredo Sampaio conhece bem os jogadores que atuam aqui e tem bastante experiência na competição. É sempre uma equipe bem montada e pegamos ela logo de cara. É um teste excelente, mas precisamos conquistar esses pontos, pois eles te levam a uma condição melhor no campeonato. Mesmo jogando dentro de casa, acredito que será um jogo difícil. O Madureira é um time tradicional."
Vasco e Madureira se enfrentam neste domingo (31), às 17h, em São Januário.
0 comentários