20/08/18 - 16:28

Rio de Janeiro

Após derrota para o Atlético-PR, Barbieri destaca: “É um resultado muito ruim devido o início de jogo desastroso que tivemos”

Rubro-Negro perde para o Furacão por 3 a 0 em 21 minutos de bola rolando

Por: Jéssica Duarte

Foto: Divulgação Flamengo

O Flamengo teve uma manhã de domingo para se esquecer. O Rubro-Negro foi derrotado para o Atlético Paranaense por 3 a 0, com 21 minutos de bola rolando. O resultado foi crucial para o clube carioca no Campeonato Brasileiro. O Flamengo foi para a terceira colocação, com 37 pontos. Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Maurício Barbieri destacou o início ruim do Rubro-Negro no jogo e afirmou que o rival só teve chances em contra-ataques esporádicos.

– Os 20 minutos iniciais definiram a partida, foram cruciais. Aí, tem algumas questões que levamos em consideração. Alertamos que o Atlético-PR procura usar a vantagem do começo de jogo pela condição particular de campo e cometemos erros em excesso. A partir dali, encaixamos, tivemos chance, mudamos no intervalo e tivemos o domínio completo no segundo tempo. É um resultado muito ruim devido início de jogo desastroso que tivemos. O Atlético-PR tem méritos e sabe usar o campo a seu favor. É uma vantagem. Depois que nos encontramos, fizemos um bom jogo. Tanto que o Atlético só teve chances em contra-ataques esporádicos.

Maurício Barbieri ressaltou a importância de recuperar a confiança no trabalho para voltar a assumir a liderança do Campeonato Brasileiro e comentou novamente que os primeiros momentos da partida foram cruciais.

– Vai começar um novo turno. Tivemos um bom desempenho neste. Não terminamos em primeiro, mas entre os primeiros. Desde o início, falamos que pouco importa a liderança no começo, mas na última rodada, que é o objetivo. Temos ajustes para fazer como qualquer equipe. Temos pontos positivos para potencializar. Hoje, os 20 primeiros minutos determinaram o resultado.

Além disso, o treinador flamenguista não conseguiu contar com dois jogadores importantes para o esquema tático: Réver e Diego. Barbieri falou sobre o calendário apertado e destacou que ambos fizeram falta para a equipe.

– Fazem falta a qualquer equipe. São dois jogadores experientes, maduros, vencedores, com uma série de títulos, mas precisamos tomar decisões. A decisão foi preservá-los, até porque o risco de perdê-los por um período maior depois seria grande. Isso não é responsabilidade do Maurício ou do Flamengo. O calendário é assim. O Atlético teve mais tempo para se preparar.

O próximo compromisso do Flamengo é contra o Vitória, na quinta-feira (23), no Maracanã, às 19h30, pelo Brasileirão. 

0 comentários