07/07/16 - 10:59

Após novo tropeço, Levir Culpi terá reunião com Peter Siemsem pra definir futuro no Flu

O empate contra o Ypiranga na noite dessa quarta-feira pela ida da terceira fase da Copa do Brasil acendeu definitivamente o sinal amarelo no Flu. Depois do início da semana conturbada, com protestos recorrentes nas Laranjeiras contra o time e o presidente Peter Siemsem, apenas 492 pagantes assistiram a mais um tropeço do Tricolor. Sobrou para o técnico Levir Culpi. O comandante afirmou que pretende ter uma conversa com o dirigente hoje e, depois disso, decidirá se permanece ou não. O treinador afirmou que talvez seja ele o principal problema para o momento ruim do Flu.
"A responsabilidade é nossa. E, acima de todos, é minha. Não me sinto muito bem nesse momento. Pretendo ter uma conversa amanhã com o Peter sobre a minha permanência ou não. A forma como foi o jogo, principalmente no primeiro tempo, sobre o que eu pretendo de time, e o que conversamos, não aconteceu nada do que queríamos. Talvez o problema seja eu, quero conversar amanhã para resolver. O resultado foi péssimo. A reação tem sido demorada. Há um impacto negativo grande sobre atletas, comissão, torcida, diretoria em qualquer resultado negativo, se eu não conseguir controlar essa atmosfera, é melhor conversar e resolver meu caminho", disse.
"Não quero conversar antecipadamente com ninguém. Amanhã (quinta-feira), vou me sentar com o presidente e vamos conversar sobre minha permanência no clube. Foi ele quem me contratou e vamos resolver isso".
O Fluminense volta a campo no domingo para enfrentar o Vitória, às 19h30, no domingo, no Barradão. A partida de volta contra o Ypiranga-RS, em Erechim, será apenas no dia 27. 

Matérias relacionadas:
0 comentários