07/11/18 - 23:38

Curitiba

Atlético-PR vence o Fluminense por 2 a 0 e coloca o tricolor em situação complicada na Copa Sul-Americana

Jogo de volta será no Maracanã, o time carioca precisa vencer por pelo menos 2 a 0 para levar a decisão para os pênaltis

Por: Matheus Emanuel

FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

O Atlético-PR venceu o Fluminense na noite desta quarta-feira (07), em partida válida pela semifinal da Copa Sul-Americana. O jogo foi bastante movimentado, com oportunidade para ambas as equipes, entretanto, o time da casa foi superior e venceu com gols de Renan Lodi e Rony. A partida de volta será no Maracanã, no dia 28. O tricolor carioca precisa igualar o placar para levar a partida para os pênaltis e fazer 3 a 0 para levar a vaga no tempo normal.

O primeiro tempo foi de alto nível na Arena da Baixada. As duas equipes atacaram com bastante efetividade e os 45 minutos iniciais poderiam ter um placar mais elástico se a pontaria fosse melhor, oportunidades não faltaram. O Fluminense chegou primeiro e quase abriu o placar aos 11. Após escanteio, Santos salvou o Atlético-PR duas vezes em cabeçadas de Gum e Luciano. A resposta rubro-negra veio dois minutos depois. Pablo recebeu na frente de Júlio César e chutou para excelente defesa do goleiro tricolor.

Aos 18, o Atlético conseguiu inaugurar o marcador do intenso jogo em Curitiba. Renan Lodi ficou com o rebote na entrada da área e chutou. A bola explodiu na zaga e voltou para ele. No novo chute a bola bateu na trave e entrou. Quase no fim do primeiro tempo, o tricolor carioca teve uma de suas melhores chances na partida. Jonathan errou na saída de bola, Everaldo tomou, invadiu a área pela esquerda, mas chutou fraco para boa defesa de Santos. No lance seguinte, Nikão chegou pela direita e rolou para Lucho. O chute desviou em Digão e Júlio César teve que fazer uma defesa sensacional para evitar o segundo gol do Atlético-PR. A bola ainda tocou no travessão. No rebote, Cirino cabeceou por cima do gol.

O início do segundo tempo não foi tão movimentado como o primeiro, mas o jogo não perdeu em termos de qualidade. Aos 19, Ibañez roubou a bola, tocou para Sornoza e recebe dentro da área. O zagueiro chutou de bico, mas a bola acabou indo para a linha de fundo. Após esse lance, o furacão passou a dominar a partida de maneira inquestionável. Aos 28, Pablo recebeu de Rony, saiu na frente de Júlio César e acertou o travessão, quatro minutos mais tarde não teve jeito. Renan Lodi cruza da esquerda, a defesa do Flu se posiciona mal e Rony aparece para cabecear para o fundo do gol.

Quem narrou essa partida foi José Carlos Araújo. Confira: 

0 comentários