02/07/18 - 17:21

Bélgica vira sobre o Japão de maneira épica e vai enfrentar o Brasil nas quartas

No melhor jogo da Copa, Belgas vencem no último lance do jogo e eliminam os japoneses da Copa do Mundo

Por: Matheus Emanuel

Foto: Reuters/Sergio Perez

O melhor jogo da Copa! Assim podemos definir a partida entre Bélgica e Japão na tarde desta segunda-feira (02), em Rostov. Os japoneses abriram 2 a 0 no marcador, mas a Bélgica fez valer a força do seu elenco e virou o jogo em contra-ataque no último minuto. Vertonghen, Fellaini e Chadli marcaram para os belgas. Inui e Haraguchi fizeram os gols do Japão. A Bélgica irá enfrentar o Brasil pelas quartas de final na sexta-feira (06).

A Bélgica começou o primeiro tempo como favorita, mas foi o Japão que teve a primeira oportunidade de gol. Kagawa recebeu na entrada da área, puxou para o meio e arriscou. A bola passou com perigo ao lado do gol de Courtois. Os belgas responderam quando Lukaku se antecipou a Yoshida. O camisa 9 tentou a finalização, mas, do chão, o zagueiro japonês conseguiu atrapalhar o atacante.  Daí em diante, os europeus passaram a ter o domínio do jogo. Hazard puxou para o meio e mandou uma bomba. O goleiro japonês faz uma grande defesa e mandou para escanteio. Após escanteio batido na área, na segunda trave, Kompany quase marcou dando uma voadora na bola.

A segunda etapa começou de forma inversa. Inui armou contra-ataque, abriu com Kagawa, no meio, que lançou para Haraguchi no ataque. Vertonghen falhou e o camisa 8 do Japão invadiu a área para mandar no cantinho e balançar a rede do gol de Courtois. Os belgas quase empataram no lance seguinte. Mertens puxou na linha de fundo e rolou para a chegada de Hazard, que mandou uma bomba na trave. A chance perdida fez bastante falta, pois no minuto seguinte, a bola foi lançada na área, Kompany afastou e ela sobrou para Kagawa. O camisa 10 gingou em cima do marcador e rolou para Inui, que encheu o pé, da entrada da área, para marcar um golaço.

A Bélgica foi para o tudo ou nada em busca da classificação. Meunier recebeu na linha de fundo e cruzou na cabeça de Lukaku, que tentou tirar do goleiro e errou o alvo. Após escanteio na área, Kawashima afastou de soco e a defesa mandou para o alto. Quase na linha de fundo, Vertonghen pegou a sobra de cabeça e mandou para o gol. A bola encobriu o goleiro e entrou de mansinho. O Japão tentava armar um contra-ataque, mas eram os belgas que tinham as melhores chances para empatar a partida. A bola aérea era a melhor maneira de se chegar no gol japonês e assim aconteceu. Hazard cruzou na área para Fellaini, o cabeludão subiu muito e mandou para o fundo das redes, sem chances para Kawashima.

O jogo continuou eletrizante no final do segundo tempo. Chadli cabeceou e Kawashima espalmou. Na sequência, a bola voltou para a área e Lukaku tentou de novo de cabeça para o goleiro japonês fazer outra grande defesa. Vertonghen puxou para o meio e mandou uma bomba. Kawashima espalmou para frente e Shoji afastou. Aos 44, Nagatomo cruzou na área, Witsel cortou mal.  Courtois fez excelente defesa.  Aos 47, Honda bateu  falta do meio da rua e o goleiro belga espalmou para escanteio. A equipe japonesa foi ao ataque para buscar a cabeçada naquela que seria o último lance do jogo. Porém, A Bélgica puxou contra-ataque depois do escanteio do Japão, De Bruyne saiu na velocidade, abriu com Meunier, que cruzou na área. Lukaku fez o corta-luz e deixou Chadli na medida só para empurrar para o gol. Que virada dos belgas!

0 comentários