27/01/16 - 17:23

Carlos Eduardo Pereira admite pendências e reafirma esforço para quitar débitos: “Peço desculpas”

O momento do Botafogo é delicado e isso não é novidade. Para piorar, jogadores dispensados pela diretoria alvinegra após o título da Série B do Brasileirão, se uniram para cobrar do clube uma série de vencimentos atrasados. Dentre os valores cobrados, os atletas citam a pendência de uma parcela do 13º, direitos de imagem, salários, férias e a premiação referente ao título da competição nacional. Procurado pela reportagem da Super Rádio TUPI, o presidente alvinegro Carlos Eduardo Pereira admitiu e lamentou os débitos com os ex-jogadores do clube e reatou os esforços da diretoria para colocar as dívidas em dia.

"O Botafogo, infelizmente, está vivendo novamente um momento muito complicado com as suas finanças. Nós não estamos conseguindo receber as verbas da televisão, estamos passando por um momento de bloqueios e com isso não estamos conseguindo recursos para fazer os pagamentos da forma que gostaríamos. O nosso departamento jurídico está diretamente empenhado na resolução disso, na obtenção dos ofícios e principalmente na obtenção das CND’s (Certidões Negativas de Débitos), que com isso nós teremos tudo regularizado. Já fizemos todos os pagamentos, no dia de hoje o Botafogo está dando entrada no pedido de emissão da CND e espero que no máximo em 15 dias esteja resolvido. Peço desculpa aos atletas que não têm nada a ver com isso, mas também fica a resposta e a garantia que a diretoria está fazendo tudo ao seu alcance para superar esta e outras pendências no menor prazo possível.", esclareceu.

O Botafogo, portanto, já efetuou o pagamento de vencimentos atrasados e aguarda a confirmação para obter as CND’s. Dentro de campo, o clube se prepara para a estreia no Campeonato Carioca, sábado, às 17h, contra o Bangu, em São Januário. 

0 comentários