13/01/16 - 16:04

De forma oficial Flamengo apresenta reforços para as laterais

O Flamengo apresentou oficialmente os reforços Rodinei e Chiquinho. O lateral-direito, contratado junto à Ponte Preta, teve 50 % dos direitos econômicos comprados pelo rubro-negro e assinou contrato por quatro anos. O lateral-esquerdo Chiquinho, que também atua no meio-campo e ataque, defendeu o Santos no ano passado e chega por empréstimo até o fim da temporada. 
Rodinei chegou ao Flamengo com status de titular e vibrou com a chance de trabalhar com o técnico Muricy Ramalho. 
"É um privilégio chegar e começar como titular com o Muricy. É um novo desafio, sou novo ainda. Mas estou no Flamengo para ajudar até o fim. Ele disse para mim e para os outros: ‘Bota na frente que o neguinho corre’ (risos). Por enquanto só tem pedido isso. Pede para eu fechar a defesa também, mas ainda não tivemos muitas conversas".
O jogador de 23 anos disse estar realizando um sonho de criança.  
"Não acredito até agora. É um sonho de garoto, algo que batalhei a vida inteira. Até falei com o Chiquinho, imagina a hora de chegar e olhar aquelas câmeras todas? Com todo respeito à Ponte Preta, que me projetou, lá eram duas ou três só. Estou até tremendo todo. Não acordei do sonho ainda. Estou trabalnhado firme para fazer um grande papel como fiz na Ponte Preta". 
Apesar de toda a emoção, Rodinei garantiu não temer a pressão, elogiou o companheiro de posição Pará e quer evitar comparações com Leonardo Moura.
"A pressão tem em todo lugar. Como tem aqui, tinha na Ponte Preta. O Pará é um grande jogador, tenho que respeitar ele e fiz uma grande amizade. É uma responsabilidade enorme. Eu sou fã do Léo Moura desde criancinha vendo ele jogar. Tanto que teve um amistoso em Campinas, da Ponte Preta com o Strikes, time que ele jogava nos Estados Unidos, onde eu dei um abraço nele, disse que era fã. Vai ser uma responsabilidade enorme. Se eu fui contratado pelo Flamengo é porque eu tenho qualidade. Eu não quero ser comparado com o Léo".   
O polivalente Chiquinho, de 26 anos, foi contratado para ser reserva de Jorge, que é da base flamenguista e titular absoluto da posição, mas garante que a disputa será boa e apresentou as suas qualidades. 
"Eu sou um jogador de velocidade, que gosta de jogar na lateral,  no meio ou no ataque. Onde o Muricy quiser eu vou ajudar. O Jorge é um excelente jogador, de Seleção, vem fazendo um grande trabalho e a disputa será boa. É uma vitória estar no Flamengo. Estou feliz e vou trabalhar e buscar meu espaço".
Ele explicou os motivos de não ter tido uma boa temporada no Santos e apesar de ter tido uma passagem pelo Fluminense, afirmou que vai comemorar, caso marque gol contra o rival.
"Eu tive uma lesão grave que me tirou de campo por 3 meses e acabei perdendo espaço. Se tiver a oportunidade de fazer gol no Fluminense, vou comemorar, vou para a torcida. Agradeço a passagem por lá, mas hoje sou do Flamengo. Agora sou Mengão também, como falou o Arão.
Na temporada passada, Chiquinho atuou por 24 partidas, marcando apenas 1 gol. Já Rodinei, um dos destaques da posição do Campeonato Brasileiro do ano passado, era um dos pilares da equipe da Macaca. 
0 comentários