20/07/16 - 18:20

Diego é apresentado na Gávea e diz que time tem condições de conquistar o Brasileiro e a Copa Sulamericana

A diretoria do Flamengo apresentou o décimo quinto reforço da temporada com toda a cúpula de futebol presente. O presidente Eduardo Bandeira de Mello abriu os trabalhos falando da felicidade de poder contar com jogador da qualidade de Diego Ribas no elenco. Na mesa, junto com o novo camisa 35 da Gávea, o vice presidente de futebol do clube, Flávio Godinho e o diretor executivo Rodrigo Caetano. Diego afirmou que não vem de uma boa temporada na Turquia, mas que chega totalmente focado em ajudar o Flamengo nos objetivos da temporada.

Confira alguns trechos da coletiva:

Diego: "Títulos têm repercussões diferentes, mas título é título. Estamos disputando o Brasileiro, vai começar a Sul-Americana, e acredito que temos condições de, passo a passo, transformar esse sonho em realidade. Não estou aqui para especificar, mas a ideia é vencer a cada jogo".

Diego: "Tenho que cancelar contratos, luz, telefone, mas na semana que vem volto ao Rio. O dia certo vamos definir com o Rodrigo. Depois que eu começar a treinar, aí tem que ser acompanhado o dia a dia. Quando chegarmos à conclusão de que estou pronto, eu irei jogar".

Diego: "Informação no futebol é repassada rapidamente, ela chega a você tanto negativa quanto positiva. Todas informações são positivas, as que procurei saber e as que não procurei. Conversei com amigos que tenho no time hoje, e eles me disseram que o clube está na direção certa. Meu nível técnico é o de sempre, é muito bom, agora é casar o momento. Tecnicamente acho que vocês conhecem. Me sinto confiante.


Diego: "Seleção é sempre objetivo, principalmente quando você já passou por ela e conquistou títulos. É algo inevitável, mas acredito que não é o momento de falar dela. Minha concentração é total no Flamengo. Qualidade para voltar à Seleção eu tenho, por isso tive tantas convocações. Nesse momento, estou 100% focado em fazer minha estreia e estar bem fisicamente para jogar pelo Fla".


Diego: "Sem dúvida tenho algo a somar com 12 anos na Europa. Para se manter lá em grandes clubes e conquistar títulos de expressão, muitas coisas você tem que aprender. Esse amadurecimento com certeza te ajuda para novos desafios. Acho que posso, sim, ser importante, e é o que eu vou procurar fazer".


Diego: "Estou ansioso para jogar, agora é lutar contra a emoção para não passar à frente da razão. Estou há quase dois meses sem jogar. O que é possível fazer sem treinar eu consigo fazer, porém o treino do dia a dia é insubstituível. A qualidade todos conhecem, mas 100% concentrado e encarando esse desafio como recomeço. Entro nesse projeto como um garoto de 16 anos".


Diego: "Do que vi do Flamengo no que foi possível de assistir aos jogos e melhores momentos e nas conversas com amigos que tenho no Flamengo, pude ver que Flamengo tem equipe muito bem estruturada, com ótimas opções e um treinador bem seguro. Acho que a possibilidade de fazer uma excelente temporada é muito grande. Se tratando de Fla, não tem outra opção. É pensar em vencer".


Diego: "Não, só tenho a agradecer ao povo turco, foi uma experiência sensacional. Única coisa que esse golpe influenciou foi minha ida para lá. Vou ter que ir nesse fim de semana, mas claro que torço para que as coisas se tranquilizem. Mas não influenciou na minha escolha pelo Flamengo"…

0 comentários