04/02/16 - 16:39

“É o Flu que queremos”, comenta Eduardo Baptista

Coletividade. O termo que define o sucesso das equipes no futebol moderno é o que busca em essência o técnico Eduardo Baptista no comando do Flu. Até por isso, o comandante mostrou-se satisfeito com o futebol produzido por sua equipe na vitória desta quarta-feira por 4 a 0 contra o Boavista. Eduardo deixou claro que o melhor futebol não é esse. No entanto, o Tricolor está no caminho certo.
"Temos que encontrar o melhor futebol. O time estava ansioso no primeiro tempo. Tivemos as mesmas chances no segundo e os gols saíram. Com ansiedade e pressa não rodamos a bola da maneira correta. Na etapa final, com o mesmo volume, tivemos tranquilidade e paciência. Esse é o Fluminense que queremos. Temos que trabalhar para melhorar. Temos mais jogos e uma semana de trabalho pela frente", afirmou.
A fim de dar uma melhorada no estado de ânimo do Flu, que havia perdido na estreia para o Volta Redonda por 3 a 1, Eduardo promoveu cinco alterações em relação ao time da estreia. O treinador frisou que a estratégia não só surtiu efeito, como também valorizou a importância do dinamismo do plantel tricolor.
"Queríamos municiar o Fred e conseguimos. Poderíamos ter tido um volume de jogo maior, mas fizemos apenas um treino com essa nova formação e com o Daniel mais para o lado. Agora é dar sequência. Cícero foi bem atuando pelo meio, devemos ganhar o Diego Souza… Vamos fortalecer esse meio com opções de força e qualidade. Isso é importante. Quem entrou foi bem, temos que fazer justiça para que todos se sintam importantes. Quem entrou, mereceu e está de parabéns", comentou.
O Flu terá uma semana "livre" devido ao carnaval. A equipe só volta a campo na próxima quinta-feira para enfrentar o Madureira, em local ainda a ser definido. Apesar disso, Eduardo Baptista já mantém o foco no confronto e dá a dica para somar mais três pontos.
"Temos que entrar do mesmo jeito. A gente mexe no time quando não tem resposta. Agora é mexer o menos possível. Devemos ter o Diego Souza em condições de jogo, a volta do Henrique… Vamos avaliar para mexer pouco", disse.
0 comentários