16/06/16 - 23:32

Em jogo morno, Fluminense bate o Corinthians por 1×0

Depois de três rodadas consecutivas empatando, o Fluminense voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quinta-feira (16), no estádio Mané Garrincha, em Brasília, o Tricolor venceu o Corinthians por 1×0 e chegou a 9ª colocação na competição. O gol foi marcado, de pênalti, por Cícero, já no segundo tempo de jogo.
Toda a partida foi bastante fraca tecnicamente. A primeira etapa de jogo se deu com ambas as equipes buscando um jogo mais veloz, porém faltava qualidade. O meio-campo de Levir Culpi não conseguia fornecer as melhores oportunidades ao ataque. E o lado paulista tentava chegar pelos lados do campo, mas não conseguia plantar ninguém na área para finalizar. Os rumos do bom futebol pioraram quando Marcos Junior e Elias, lesionados, não voltaram para o segundo tempo de jogo. O Coringão ainda perdeu o goleiro Walter, lesionado. Cássio entrou no lugar.
A segunda metade do jogo não teve lá grandes mudanças. O jogo continuou fraco e com bastante cautela por ambas as equipes. Aos 17 minutos, Cícero foi puxado dentro da área e recebeu o pênalti. Ele mesmo cobrou, mas apenas no rebote de Cássio, o meia conseguiu abrir o placar. A partir daí, o time paulista saiu mais para o jogo e se expôs. O time das Laranjeiras teve, pelo menos, quatro contra-ataques para liquidar a partida, mas todas foram desperdiçadas. Com 5 minutos de acréscimos, nem a ida de Cássio para área fez com que o time carioca sofresse o gol e não saísse com a vitória. 
O lado negativo ficou por conta de Marcos Junior, que saiu com um edema na cabeça, após uma pancada do companheiro Richarlison. Elias, lesionado, após choque com o zagueiro Gum. E o zagueiro paulista Yago, expulso no lance do pênalti, que selou a vitória carioca.
Com o resultado, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense chegou aos 13 pontos na competição e já figura entre os dez primeiros na tabela. No próximo domingo, o Tricolor encara o Sport, às XX, na Ilha do Recife, pela 9ª rodada da competição nacional. 
0 comentários