12/06/17 - 19:10

Em jogo polêmico, Flamengo fica apenas no empate com o Avaí, no Brasileirão

Sob pressão, o Flamengo foi à Ressacada enfrentar o Avaí. Zé Ricardo estava com a corda no pescoço e uma derrota poderia significar a demissão do treinador. Já em caso de uma vitória, o técnico poderia permanecer. Não aconteceu nenhuma das duas ocasiões. Flamengo e Avaí empataram em 1 a 1, com muita polêmica na etapa final.
O primeiro tempo foi sem emoções. O técnico Zé Ricardo escalou o goleiro de 19 anos Thiago, no lugar de Alex Muralha e Vinícius Junior fez sua primeira partida como titular. Vinícius Junior estava tímido e não criou muitas chances na primeira etapa e o goleiro Thiago não foi muito exigido.
Logo no início do segundo tempo, o Flamengo mudou de cara e partiu para cima do Avaí. Vinícius Junior era quem ditava o ritmo do ataque rubro-negro. O garoto dos milhões, em questão de segundos, apareceu sozinho na área e chutou para fora. 
Mesmo com a melhora rubro-negra, o Avaí tratou de dar um banho de água fria no adversário. Aos 12 minutos, o atacante Romulo recebeu sozinho na frente e deixou Juan para trás. Na saída do goleiro, o atacante tocou com categoria e abriu o placar na Ressacada.
A resposta do rubro-negro foi imediata. Aos 15 minutos, em cruzamento na área, Leandro Damião mandou de bicicleta para o gol. Um verdadeiro golaço que recolocou o Flamengo na partida. Após o empate, o jogo ficou morno, sem muitas chances. A polêmica veio aos 36 minutos, quando um pênalti foi marcado contra o Flamengo. Porém, o árbitro voltou atrás e não deu pênalti, o que causou uma grande revolta nos jogadores do Avaí. O meio-campo Marquinhos que já havia sido substituído foi expulso por fazer o gesto de roubo, para o bandeirinha.
Depois da polêmica, a torcida do Avaí vaiou constantemente a equipe rubro-negra e a partida se perdeu. As duas equipes não foram capazes de alterar o placar e o jogo terminou empatado. Na próxima rodada, o Flamengo enfrentará a Ponte Preta, às 21h, na inauguração do estádio Ilha do Urubu.
Palinha do Apolinho:
– O empate acabou sendo bom resultado para o Flamengo. O pênalti que não foi pênalti e depois foi pênalti. Se fosse marcado, seria péssimo. Não vi outra coisa a não ser a falta do Everton e sendo pênalti. Tirando a lambança do árbitro, o Flamengo jogou mal. O melhor do Flamengo foi o zagueiro Juan.
A partida foi narrada por José Carlos Araújo. Confira:

0 comentários