04/06/17 - 13:07

Flamengo e Botafogo perdem chances claras e empatam em Volta Redonda

Na manhã deste domingo (4), Flamengo e Botafogo se enfrentaram em Volta Redonda, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Com tanta rivalidade nos últimos anos, o clássico ganhou um peso maior e quem saísse com vitória, certamente teria um algo a mais para comemorar. Porém, nem o rubro-negro e nem o alvinegro conseguiram sair do 0 a 0.

As duas equipes entraram com muita disposição na partida. Muitas jogadas eram disputadas com força excessiva e quem sofreu mais foi o Botafogo, que perdeu Airton e Victor Luis por lesões na primeira etapa.

No segundo tempo, a partida ganhou em emoção. No meio da semana, o atacante Roger fez declarações polêmicas sobre o camisa 9 Guerrero, dizendo que o peruano era supervalorizado. Porém, tanto Guerrero, quanto Roger, perderam gols incríveis, frente a frente com os goleiros. 

O técnico Zé Ricardo arrancou os aplausos da torcida rubro-negra quando decidiu colocar Diego no lugar de Cuéllar, aos 14 minutos. O meio-campo não entrava em campo há 53 dias e voltou a atuar neste domingo. 

Após a entrada de Diego, o Flamengo ficou o meio de campo mais organizado e passou a ter o domínio do jogo. Aos 21 minutos, Zé Ricardo tirou Ederson e colocou Vinícius Junior, que com sua velocidade e habilidade, deu trabalho para a defesa do Botafogo. O garoto dos milhões chutou de fora da área e acertou o travessão, levando a torcida rubro-negra ao delírio.

Mesmo  com a forte pressão do Flamengo, o Botafogo conseguiu se segurar e levou o empate para casa.

Palinha do Apolinho:

– Esse jogo às 11h da manhã, num forte calor, terminou com os jogadores pedindo soda. Principalmente o Botafogo que veio de uma partida desgastante em Recife. Chance clara de gol do Flamengo foi com o Guerrero frente a frente com o Gatito, fora isso não teve outra. Para o Botafogo, Roger sozinho com Muralha, perdeu um gol também.

A partida foi narrada por José Carlos Araújo. Confira:

0 comentários