06/09/18 - 16:38

Rio de Janeiro

Fluminense assina termo pela reforma das Laranjeiras

Tricolor pretende utilizar estádio para jogos de menor público. Ideia é revitalizá-lo para receber até 15 mil pessoas

Por: Jéssica Duarte

Diogo Bueno e Pedro Abad assinaram o Termo de Cooperação entre o clube e o Instituto Cidadania Tricolor (ICT)

De volta para casa! O Fluminense assinou na manhã desta quinta-feira (06) um termo de cooperação para a reforma do estádio Manoel Schwartz, conhecido como Laranjeiras. O documento é mais uma etapa no processo de revitalizar a sede histórica a fim que possa voltar a receber jogos. O local deverá ter capacidade para 15 mil pessoas. Além disso, também está no projeto a construção de uma megaloja, virada para a Rua Pinheiro Machado.

O Fluminense divulgou a assinatura do termo no site oficial. Confira: 

O presidente do Fluminense Football Club, Pedro Abad, e o ex-vice-presidente de finanças do clube, Diogo Bueno, assinaram na manhã desta quinta-feira (06/09), nas Laranjeiras, o Termo de Cooperação entre o clube e o Instituto Cidadania Tricolor (ICT). O documento marca não só o início do processo que tem como principal objetivo a revitalização do Estádio Manoel Schwartz para jogos de pequeno porte, como também demonstra a importância da união apolítica em prol de um mesmo ideal: a reestruturação do Fluminense.

Para o presidente Abad, a parceria com o ICT vai de encontro aos problemas financeiros e de caixa enfrentados pelo clube no momento. “Esse convênio com o ICT é uma iniciativa espetacular que o Diogo vislumbrou juntamente com outros sócios e torcedores como uma forma de financiar a execução do projeto de reforma do Estádio das Laranjeiras. Entendemos o que é bom para o Fluminense e a política tem que ficar completamente afastada disso. O Diogo tem conduzido os trabalhos de forma objetiva, muito célere e esperamos que muito em breve consigamos cumprir o cronograma previsto”, ressaltou Abad.

Diogo Bueno explicou que agora os projetos Básico e Legal  serão submetidos aos órgãos governamentais para aprovação. “Eu espero que até o ano que vem a gente consiga ter algum tipo de mobilização dependendo das autorizações dos órgãos governamentais. Isso significaria a indicação de um cronograma de obras para ano que vem. No dia 19 de maio de 2019, o Estádio das Laranjeiras completará 100 anos e, se já tivéssemos o lançamento da pedra fundamental nesta data, seria espetacular para marcar a gestão do Abad”, frisou Diogo, que ainda fez questão de enumerar os conselheiros tricolores – de diferentes correntes políticas – que participam do projeto: Gustavo Marins, Ricardo Lafaiete, Sérgio Poggi, Nestor Bessa, Caíque Pereira e Nardo Gutlener.

O termo assinado na manhã desta quinta tem como objetivo a cooperação entre Fluminense e o Instituto Cidadania Tricolor para iniciativas e campanhas de arrecadação de recursos para as reformas do Estádio das Laranjeiras, Sede Histórica, construção do prédio administrativo anexo e obras da sede social.  O ICT está levando o projeto aos órgãos públicos para dar início ao debate e à discussão sobre o tombamento e as possíveis interferências que poderão acontecer tanto no estádio quanto na sede.

0 comentários