16/01/16 - 15:41

Gegê: “Podemos chegar na final do Carioca e, no Brasileiro, almejar coisas maiores”

Sem chances com Ricardo Gomes em 2015 e com contrato se encerrando no início deste ano, Gegê teve o vínculo renovado até o final do Campeonato Carioca e, mesmo com os gringos treinando bem, vem sendo titular nas primeiras atividades do Botafogo em Domingos Martins, no Espírito Santo. O atleta trabalha forte para mostrar serviço e ter o seu contrato estendido e, quem sabe, começar o ano entre os 11 principais.
"Fiquei muito feliz de ter ficado. Agora é trabalhar, passar confiança para o professor e poder jogar. Não penso em mudança, meu foco é trabalhar. Ano passado trabalhei bastante também. São questões dentro de campo que ajudam a ter sequência. Depois que o Ricardo chegou não joguei, mas não fiquei chateado, estou trabalhando com ele novamente, quem sabe posso iniciar o ano de titular."
O Glorioso inicia o ano com um elenco recheado de atletas formados no clube. São eles: os goleiros Saulo e Matheus Cabral, os zagueiros Emerson e Igor Rabello, os laterais Jean, Diego e Marcinho, os volantes Diérson e Matheus Fernandes, o meia Leandrinho e os atacantes Luís Henrique e Ribamar. Gegê elogiou a oportunidade que o Botafogo está dando aos jovens e ressaltou que são esses jogadores que trazem dinheiro ao clube.
"Você olha o nosso elenco, tem vários moleques. Eu fico muito feliz, já fui da base também, procuro deixar eles bem à vontade. Nem todos os clubes apostam na base como o Botafogo está apostando. Quem faz dinheiro é a garotada."
Gegê se mostra otimista para temporada e acredita que o Botafogo pode brigar pelo título do Campeonato Carioca e almejar coisas grandes no Brasileirão.
"Acho que podemos chegar longe. O trabalho está só iniciando, é uma nova equipe. Com trabalho, podemos chegar na final do Carioca e, no Brasileiro, almejar coisas maiores."
O Botafogo estreia no Campeonato Carioca no dia 31/01 (domingo), contra o Bangu, às 17h, em Moça Bonita. Lembrando que o estádio ainda necessita de laudo para ser liberado.
0 comentários