11/07/16 - 10:59

Levir Culpi: “Não existe explicação lógica”

Depois de precisar da vitória para afastar a crise, o Fluminense ficou apenas no empate diante do Vitória, no Barradão, em Salvador. O resultado em 0x0 mostrou bem o que foi a partida. Ambos os times não conseguiram desempenhar um bom futebol, poucas chances foram criadas e o Flu segue há três jogos sem vencer.
O técnico Levir Culpi reclamou bastante da falta de articulação dos seus jogadores e das falhas nas finalizações. Além disso, fez uma análise
"Foi um jogo bastante físico. O Vitória, apesar de ter jogadores bem técnicos, insistiu muito nas bolas pelo alto. Mas a nossa bola aérea também é muito boa. Jogo ficou perigoso na bola aérea, mas tivemos algumas situações boas por baixo". 
Além disso, o treinador voltou a comentar sobre os recorrentes empates do time: Lembrou da atuação do árbitro, que, se marcasse o pênalti em Samuel, o time poderia ter vencido. No entanto poderia ter perdido se não fosse a atuação de Diego Cavalieri. Um motivo em si, ele não sabe.
"O motivo é que a gente não perde e não ganha. Não existe explicação lógica. Se o juiz marca o pênalti, poderíamos ter vencido. Se um jogador do Vitória tivesse acertado um dos chutes, Diego fez grandes defesas, poderíamos ter perdido. É normal, ruim, mas normal. Ninguém sabe explicar exatamente esse motivo".
Com o resultado, o Fluminense conquistou apenas um ponto e chegou aos 18, ocupando a 11ª colocação na tabela do Campeonato Brasileiro. Os três últimos resultados, uma derrota e dois empates fizeram o time se aproximar da zona do rebaixamento. A diferença para o primeiro time dentro da zona é de apenas três pontos.
0 comentários