16/08/18 - 21:45

Rio de Janeiro

NA FORÇA DA GALERA! Botafogo se impõe e vence o Nacional-PAR por 2 a 0

35.788 pessoas assistiram a excelente atuação do glorioso no Nilton Santos

Por: Matheus Emanuel

Vitor Silva / SS Press / BFR

Botafogo e Nacional-PAR se enfrentaram na noite desta quinta-feira no Estádio Nilton Santos. O glorioso fez valer o seu mando de campo, a força de sua torcida e venceu por 2 a 0. Com gols de Rodrigo Lindoso e Leonardo Valência, o alvinegro massacrou a equipe paraguaia, que só teve uma oportunidade durante toda a partida, enquanto o time da casa teve diversas chances de aplicar até uma goleada. Na próxima fase, o Botafogo enfrentará o Bahia.

O primeiro tempo começou com o Botafogo tendo a posse da bola durante a maior parte do duelo. A maioria das oportunidades criadas pelo glorioso foram pela bola aérea. Igor Rabello subiu mais que todo mundo em cobrança de Valencia e cabeceou firme, mas mandou para fora. O roteiro se repetiu no lance seguinte, entretanto, com um final feliz para o alvinegro. Leo Valencia cobrou falta na área com veneno, Lindoso subiu muito e cabeceou firme, para o chão, como manda o manual, para abrir o placar no Nilton Santos.

O placar de 1 a 0 já dava ao Botafogo a classificação, contudo, o time iniciou o segundo tempo na busca pelo segundo gol, como se estivesse em desvantagem. Valencia colocou na área, Carli subiu mais que todo mundo, cabeceou firme e Rojas operou um milagre no Nilton Santos. Luiz Fernando tocou para Renatinho, que se livrou da marcação, cortou para dentro e chutou prensado. Na sobra, Valencia pegou de primeira e mandou na trave após desvio de Franco no meio do caminho.

O Botafogo esbarrou no mesmo obstáculo quando Aguirre levou pela direita, cortou para dentro e soltou um chute muito forte e a bola explodiu na trave. O glorioso assustou novamente, Pimpão fez grande jogada e tocou para Luiz Fernando. O camisa 19 adiantou e tentou tocar na saída de Rojas, que saiu bem do gol e salvou a pátria do Nacional. Valencia soltou uma bomba de fora da área, mas Franco salvou em cima da linha. Rojas não chegaria nela. Depois de tantas oportunidades criadas pelo alvinegro, o Nacional chegou muito próximo de empatar a partida. Vieyra carregou pela esquerda, passou para Santacruz e correu pelo meio. O camisa 10 abriu para a direita e deu o passe para dentro, Vieyra pegou mal na bola, mesmo assim ela passou de Saulo e saiu caprichosamente rente à trave.

Dois minutos depois, Rodrigo Pimpão armou contra-ataque para o glorioso e chutou cruzado, o goleiro desviou e a bola saiu em escanteio. Após bola aérea, Carli recebeu totalmente sozinho na pequena área e mandou muito longe do gol. O segundo gol não poderia ser de outro jogador. Leo Valencia foi o nome do jogo. O camisa 10 costurou a defesa do Nacional e acertou um lindo chute de fora da área para ampliar a vantagem e colocar o Botafogo na próxima fase da Sul-Americana.

Quem narrou essa partida foi Odilon Junior. Confira: 

 

0 comentários